Curta nossa página no facebook

Ovo, um super alimento.

Em 2000 foi publicado no Journal of the American College of Nutrition um extenso artigo com os dados de uma conferencia sobre Nutrição e Ovos, onde diversos pesquisadores de várias instituições científicas e universitárias apresentaram trabalhos em relação ao poder nutritivo do ovo e sua ação como alimento funcional, ou seja, um alimento indispensável para a manutenção da saúde, para a prevenção de doenças e desnutrição, e na construção de músculos.
Arsenal de nutrientes
Comparado com qualquer outro alimento protéico, o ovo é fonte da proteína de maior valor biológico, ou seja, é uma proteína completa contendo todos os aminoácidos essenciais, prontamente assimilada e utilizada pelo corpo – um ovo contem aproximadamente 8 a 9 gramas desta proteína de primeira classe. Além disso, ovos fornecem vitaminas A, B2, B12, D e E, niacina, biotina, cobre, ferro, enxofre, fósforo, e ácidos graxos insaturados como os omegas 3, 6 e 9. O ovo só não fornece Vitamina C. Seu teor calórico é de 80 calorias por unidade.
Gema preciosa
Dica para os que comem somente a clara e dispensam a gema: durante muito tempo se acreditou que os ovos pudessem ser prejudiciais pelo fato da gema conter um alto teor de colesterol, no entanto, a gema do ovo é a maior fonte conhecida de colina, precursora do neurotransmissor acetilcolina, essencial para a contração muscular, e também ligado à memória e velocidade de raciocínio. Ovos são um excelente alimento e podem ser consumidos sem medo, clara e gema.
Como preparar
Quem quer emagrecer deve evitar o ovo frito por aumentar o teor calórico – 120 calorias por unidade. Ele pode ser preparado em frigideira tefal com um fio de azeite ou manteiga, de preferência em fogo baixo e sem deixar a clara queimar porque ocorre desnaturação da proteína com perda do valor biológico. Também pode ser cozido, sempre em fogo baixo. Evite bater vigorosamente o ovo para uma omelete, pois ocorre uma modificação na estrutura protéica. Ovos caipiras são melhores que os de granja. Ovos de codorna também são excelentes e 5 unidades correspondem a 1 ovo de galinha. A quantidade indicada é de dois ovos de galinha por dia.
E a salmonella?
Segundo o site americano www.incredibleegg.org, o risco de um ovo estar contaminado é de 1 ovo para cada 20.000 ovos, ou seja, 0.005% de probabilidade. Se você consome 1 ou 2 ovos por dia, você tem a chance de encontrar um ovo contaminado a cada 84 anos!!!
É importante lembrar que o cozimento mata a bactéria Salmonella, e ela só apresenta risco para as pessoas com o sistema imunológico debilitado, como crianças pequenas, idosos e gestantes. Nos outros indivíduos, se houver a infecção, os sintomas são brandos, como dor abdominal, diarréia e mal-estar, e duram de 1 a 2 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Saiba mais clicando aqui

Leia mais!