Curta nossa página no facebook

CRITÉRIOS PARA O DIAGNÓSTICO DO DIABETES E DO PRÉ-DIABETES.

O diagnóstico do diabetes acaba se tornando difícil quando se considera que os sintomas clássicos da doença (poliúria, polidipsia e polifagia) não estão presentes na maioria dos casos de diabetes tipo 2 (DM2). Portanto, o diagnóstico do diabetes tipo 2 e do pré-diabetes só poderá ser confirmado através de testes laboratoriais de glicemia e de hemoglobina glicada (A1C).
Critérios para o diagnóstico de diabetes
  • A1C ≥ 6,5% - ou –
  • Glicemia de jejum ≥ 126mg/dL - ou -
  • Glicemia pós-prandial de duas horas ≥ 200mg/dL no teste de tolerância à glicose. - ou –
  • Glicemia ao acaso (em qualquer horário) ≥ 200mg/dL em pacientes sintomáticos (poliúria, polidipsia e perda de peso).
Critérios para o diagnóstico de pré-diabetes
  • A1C entre 5,7% e 6,4% - ou –
  • Glicemia de jejum entre 100-125 mg/dL – ou -
  • Glicemia pós-prandial de 2 horas entre 140 e 199 mg/dL, no teste oral de sobrecarga à glicose.
Fonte:  Sociedade Brasileira de Diabetes. Conduta Terapêutica no Diabetes Tipo 2 – Algoritmo SBD 2014. Posicionamento Oficial SBD nº 01/2014.
Disponível aqui.
Acesso em 28 de abril de 2014.

DR. AUGUSTO PIMAZONI-NETTO
Coordenador do Grupo de Educação e Controle do Diabetes do
Hospital do Rim e Hipertensão – Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP
Fonte: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Saiba mais clicando aqui

Leia mais!